Ano perdido?


Você já deve ter ouvido ou até mesmo falado que 2020 já é um ano perdido. O que mais escuto é: 2020 cancela, deleta ou não conta. Mas será mesmo?


Até agora, foram os 6 meses mais inesperados, inusitados, tristes para alguns, desafiadores para todos. O fato é que 2020 pode ser tudo, menos perdido ou deletável, não acha?


Independentemente da história de cada um com este ano, proponho o exercício de fazer uma retrospectiva antecipada — agora mesmo e não só em dezembro. É provável que você, assim como eu, se surpreenda e perceba que aconteceram muitas coisas boas em 2020, apesar de tudo.

Mas atenção: não foque em acontecimentos grandiosos porque esses, como você sabe, foram cancelados um a um. Foque em pequenos passos, em momentos, no sol iluminando a sua janela, na sua família que finalmente virou prioridade, nas fotos que não foram tiradas, em palavras que não foram gravadas, em singelas felicidades cotidianas.

Eu só tenho a agradecer até agora, apesar de estar visivelmente esgotada, como a maioria de nós.


Nesse momento, você já deve ter reparado que essa quarentena não foi e nem será tão passageira quanto você esperava. Por isso, tente não se cobrar tanto, seja mais carinhoso consigo mesmo. Mas, por favor, não veja 2020 como um ano perdido.


E você como está encarando este ano? Me conta aqui nos comentários.

 (51) 99240.1288

cinthiadallavalle

Copyright© 2017