Você não precisa ser um escritor-maravilha para ser um escritor


Assim como, na minha opinião, a mulher não tem que ser e se orgulhar de ser uma mulher-maravilha, que consegue fazer tudo sozinha, você, para ser considerado um escritor, não precisa ser um escritor-maravilha, que coleciona prêmios, faz parte da Academia Brasileira de Letras, lê pelo menos um livro por semana, tem milhares de fãs e, se sobrar tempo, ainda escreve.


Temos a mania de nos inspirar em pessoas fora da curva, aqueles seres que ainda não conseguimos definir se são humanos ou super-heróis. Se você é um desses escritores, ótimo, mas, se não for, ótimo também!


Só tome cuidado pra não idealizar demais essa figura, porque, quanto mais distante estiver a palavra “escritor” da sua realidade, mais longe você estará de ser um deles.

Portanto, comece a se enxergar como escritor, mesmo que você ainda escreva pouco. Além de se ver como tal, fale que você é um escritor quando perguntarem a sua profissão. Mais do que isso, escreva, com uma certa frequência, onde você se sentir confortável, mas faça com que as pessoas tenham acesso aos seus textos.

Pode ser no LinkedIn, no Facebook, no Instagram, no seu blog, o importante é que enxerguem você como escritor, entende? Pode parecer óbvio, mas têm muitos escritores escondidos por aí, cujas próprias próprias famílias nem sabem que eles escrevem. Um desperdício, não acha?


Escrevendo e se expondo, você vai, aos poucos, criando o seu público. Não se preocupe tanto em definir a sua persona agora. Vá escrevendo, encontrando o seu estilo de escrita, recebendo as opiniões dos leitores e criando a sua identidade como escritor.


Viva essa realidade ao invés de apenas sonhar com ela. Não quero dizer para você parar de sonhar com a Feira do Livro (como eu já fiz mais de mil vezes), com a tarde de autógrafos em uma grande livraria, com os seus textos estampados nos principais jornais do país.


Continue sonhando, mas se permita viver uma boa dose dessa realidade. Como?


. Troque ideias com escritores, que não são estrelas inacessíveis como muitos pensam.


. Faça cursos e oficinas de escrita, onde você aprende a técnica, a expor seus textos, a lidar com as críticas e elogios, e ainda faz Networking de qualidade.


. Participe de concursos, mas sem que o prêmio de primeiro lugar seja uma meta a ser batida. A despretensão, nesse caso, vale ouro!


. Tome cuidado com escritores frustrados e seus conselhos, afinal, não é porque a carreira não deu certo para eles, que vai acontecer o mesmo com você. Ninguém tem o direito de dizer que seu sonho é uma ilusão ou ingenuidade de iniciante, certo?


. Escreva diariamente, nem que a maior parte dos textos você guarde para você. O exercício diário forma o escritor. A rotina torna mais fácil a escrita e facilita que a pessoa se enxergue como escritor.


Seja um escritor real. Hoje. Todo dia. Do seu jeito.

 (51) 99240.1288

cinthiadallavalle

Copyright© 2017