Como ligar a automotivação todo santo dia




Coisa bem boa acordar com aquela energia do Freddie Mercury cantando “Don’t stop me now!”, se preparando feliz para mais um dia de trabalho e de vida!


Mas sabemos que não acordamos assim todos os dias. E, se assim como eu, o seu filho te acordou 5 vezes durante a noite passada, é mais difícil ainda ligar essa tal de automotivação.


Mas sempre existem dicas e técnicas, testadas e comprovadas por nós mesmos, que podemos aprender e praticar pra que isso seja possível nas nossas vidas. É claro que podem funcionar pra alguns e pra outros nem tanto, mas não custa tentar, certo?


Técnica 1- Defina metas claras (bem claras mesmo!)

As metas devem ser curtas e grossas, ou seja, precisam falar diretamente o que você precisa fazer. Por exemplo, escrever 30 páginas hoje, ao invés de começar a escrever o livro.

Depois de definir a sua meta, imagine a sensação boa que você vai sentir ao terminar a tarefa, no reconhecimento e no orgulho que você vai ter com os resultados.


Técnica 2 - Recompense-se!

As recompensas são incentivos que os outros nos dão ou que nós nos damos. No caso da automotivação, é importante não esperarmos as recompensas e reconhecimento dos outros, pelo simples motivo de que eles podem nunca chegar até você.

Por isso, premie-se pelos resultados que você atingir, sempre que possível.


Técnica 3 - Mantenha a pilha ligada!

É bem comum começarmos com todo o gás um projeto e irmos perdendo o interesse ao longo do trabalho. Quem nunca?

Para que isso não aconteça, divida a meta em pequenas submetas. Assim, elas ficam menos pesadas e mais possíveis.

Além disso, enxergue os avanços que você já conquistou, ao invés de focar no que você ainda não fez.


Técnica 4 - Controle os seus pensamentos e fuja das comparações

Por mais difícil que possa ser, manter pensamentos positivos dá resultado. É uma luta diária, eu sei, parece o diabinho e o anjinho falando o tempo todo no seu ouvido. Mas é uma luta que vale à pena. Aqueles pensamentos ruins podem aparecer, mas se você tiver consciência desse processo, você estará no controle.

Em relação às pessoas bem-sucedidas, ao invés de se comparar a elas de uma forma negativa, converse e troque ideias com elas sobre os objetivos que elas têm e como elas fazem. Isso pode te inspirar e aumentar o seu campo de visão e de possibilidades.

Muito melhor do que ficar apenas observando o sucesso alheio e achar que você não é capaz, não acha?

As pessoas que mais nos motivam nem sempre são as que mais tiveram sucesso nos seus trabalhos. É a família, os amigos e outras pessoas que nos ajudam nos bastidores das nossas metas e acompanham todos os passos, por menores que sejam.

Foque neles porque eles formam a sua equipe de apoio para todas as horas, principalmente, quando a motivação não está no nível ideal.

A sensação que sentimos quando estamos no auge da motivação é que tudo é possível, não é mesmo? Ficamos mais bem humorados, confiantes no futuro, sentimos mais prazer no presente, ficamos mais gentis e até mais bonitos!

Ah, se desse pra guardar essa sensação em um potinho!

Por isso, vale à pena investigar o que faz você se motivar na vida. A presença de algumas pessoas, uma tarefa específica, uma música, um cantor, um filme, um livro, um texto, uma frase, um período do dia, uma palavra, um mantra, um sonho.


É essa motivação que faz você viver, ao invés de ir levando a sua vida. Ela faz você mostrar a sua melhor versão.

No meu caso, a minha maior motivação é poder um dia inspirar e motivar o meu filho, que hoje tem só 3 anos. Ainda tenho um tempinho! Além disso, o que mais está me motivando, desde o mês passado, é escrever aqui e inspirar algumas pessoas a fazerem o mesmo. É tão bom!


Ah sim, e a música que citei no 1º parágrafo também! A energia ABSURDA do Freddie Mercury me inspira muito, sempre!

Pra finalizar:

Foque na sua motivação todo santo dia!
E contagie o mundo!

Me conte, o que te motiva todo santo dia?

 (51) 99240.1288

cinthiadallavalle

Copyright© 2017